• Little Remedies: Também é uma linha americana, o lema deles é conter somente o suficiente para tratar o problema. Gosto bastante desta marca e para as cólicas usei o Little Remedies® Gripe Water (tenho um Kit viagem com vários itens que gosto bastante). O gengibre e a erva doce são alguns ingredientes e sempre que eu usava a passarinha virava uma metralhadora de pum e em seguida dormia. No Brasil você encontra a venda pelas lojas de importados no Instagram, por exemplo, não vende em farmácias e o preço médio é uns R$ 100 por 118 ml.

Alimentação

Não há comprovações científicas e eu acredito que não tem porque o que dá gás em mim é diferente do que dá gases em você...então fica difícil ter um volume de testes para comprovar cientificamente o que provoca gases nos bebês. Eu vi diferença (o pediatra, o pai, a vó, falava que era coisa da minha cabeça), abaixo segue os alimentos que eu nitidamente via diferença na passarinha quando eu comia (dava mais cólica/gases).

  • Brócolis, couve, repolho e berinjela.
  • Molho de soja (shoyu)
  • Leite de vaca
  • Excesso de laticínios (iogurte e queijo)
  • Excesso de carne vermelha
  • Bebida alcoólica (mesmo quando era só um golinho)
  • Excesso de açúcar
  • Excesso de farinha branca
  • Ovos


 
Fitoterápicos e outros

 Os fitoterápicos são medicamentos obtidos através de matéria prima 100% natural, sem corantes, açúcar ou químicos (nem por isso podem ser usados sem o ok do pediatra), por aqui eles ajudaram bastante, veja detalhes abaixo:


  • ColiKids: Este é um probiótico que contém o Lactobacillus reuteri. Por ser um probiótico ele contribui para o equilíbrio da flora intestinal, usamos 5 gotas pela manhã sempre no mesmo horário. Precisa agitar bastante o frasco e lembrar que ele não irá aliviar a dor ou deixar o bebê o mais calmo, ele ajuda a formar a  flora do intestino, logo, usar de forma irregular ou utilizar somente um vidro não irá ajudar em nada. O seu efeito começa em torno de 15 dias após o primeiro uso, eu comecei usar com 15 dias de vida da passarinha, no próximo começarei no primeiro dia! Rsrsrs. No Brasil ele é comercializado pelos laboratórios Aché, nos EUA ele é vendido pela Biogaia, a desvantagem é o preço! Em torno de R$ 80 por 5 ml e é preciso retirar o contador de gotas quando você achar que o produto está acabando por que quando chega nos últimos 2 ml não sai mais produto pelo contador.

Cólicas do Recém Nascido

Eta assunto que sempre dá resenha! Toda mamãe tem uma dica ou um depoimento para contar e eu vou compartilhar a minha experiência com vocês!

O primeiro grande marco da vida do bebê é o nascimento, independente da via de parto (vaginal ou cesárea). Imagina, você vivia em um lugar com alimento disponível o tempo todo, temperatura constante, livre de impacto e ruídos violentos, som ambiente rsrsrs e o balanço da mamãe de um lado para o outro para fazer você dormir...de repente é luz na cara, frio, calor, barulheira, precisa se esforçar para comer, roupas e um espaço enorme em volta de você! Que susto!! O bebê nem acostumou com isso tudo e lá vem o segundo marco: O intestino começa o treinamento para começar a funcionar...

Se o seu bebê não teve cólica sinta-se sortuda! Se você está grávida se prepare porque mais de 95% da população de bebês têm cólicas!

As cólicas geralmente começam no 15º dia de nascimento do bebê e vão até meados do 3º mês (para os prematuros pode demorar mais para passar), pode fazer o teste...se conhece um casal que tem recém nascido antes de 15 dias eles sempre falam queo bebê é um anjo, só come e dorme...e ninguém tem coragem de falar:  -Espera pra ver o 15º dia!

Geralmente as cólicas começam a tarde e a noite, na maioria das vezes no mesmo horário, o bebê chora por muito tempo e forte, parece que nada pode acalmá-lo porque é um choro persistente. Não há causas comprovadas para as cólicas, apenas hipóteses, como algumas intolerâncias alimentares (lactose ou a proteína de vaca) e a imaturidade do intestino. Antes de pensar que é cólica é preciso checar se o choro é alguma causa comum como fome, frio, calor, necessidade afetiva (colo) ou fralda suja. Verificado isso, e o choro não para...as chances de ser cólicas é imensa! Para mim, cólica e gases é a mesma coisa! Aqui teve dia de gases o dia todo! De dia, de tarde, de noite... chora a mãe, chora o bebê, mas a rotina da cólica era geralmente das 17:30 as 22:30...até brincava que as 17:30 ela virava abóbora!

  • Colic Tablets Hylands Baby – Homeopático americano, são micro pastilhas que derretem com muita facilidade na boca dos bebês, o foco também é diminuir a irritabilidade e acalmar.  A base de Camomila, Colocíntida (prima da melancia) e Dioscorea (prima do Inhame). No Brasil você encontra a venda pelas lojas de importados no Instagram, por exemplo, não vende em farmácias e o preço médio é uns R$ 100 por 125 pastilhas.

Os remédios

  •  Simeticona: Um dos remédios mais receitados e utilizados para alívio dos gases. Existem milhares de nomes diferentes no mercado, aqui usamos o Mylicon que é sem corante e sem açúcar, mas ele também é o Luftal, Flagass. Eu gostava mais do little remedies, mas na hora do desespero tentamos tudo, eu sinceramente não via melhora com o uso da simeticona.
  • Analgésicos: Para alguns casos mais graves é recomendado paracetamol, por aqui não usamos.


 Mamães, lembrem-se: Colo, carinho e peito cura quase tudo! NUNCA medique o seu bebê sem falar com o médico, pode ser fatal, repito isto porque os momento das cólicas pode ser desesperador.

 Este momento vai passar e você ainda vai rir disso tudo! Prometo

Existe um mito e uma verdade, mito é que bebê que arrota não tem gases/cólicas isto porque o leite (peito ou mamadeira) fermenta então o arroto alivia outra coisa, mas não impede as cólicas/gases e a verdade é pum! Bebê que solta muito pum tem menos cólica! O dia que a passarinha soltava muito pum as cólicas era poucas ou quase não tinha!
Existe remédio que acaba com a cólica ou que alivia a cólica do bebê? NÃO! Repito NÃO. Se alguém descobrir um remédio tiro e queda vai ficar milionário! Todos os remédios ou ações amenizam o desconforto ou acalma o bebê e acreditem, as vezes nada funciona! Abaixo segue algumas ações ou o que eu usei aqui no ninho, separadas por grupos!  

 ATENÇÃO: Compartilho a minha vivência e conhecimento, NUNCA medique seu bebê sem o consentimento do pediatra.

 
Ações mecânicas

  • Tentar fazer com o bebê não chore - Chorar faz entrar ar no estômago, que gera vontade de arrotar, então cria outro incômodo além das cólicas/gases.
  • Contato pele a pele – Colo, calor, deixar o bebê em contato com a sua pele. Além do carinho e cheiro de mãe aquece a barriguinha e ajuda a melhorar.
  • Aquecer a barriguinha – Vale banho morno na banheira, no balde de ofurô, esquentar a fraldinha no ferro e colocar na barriguinha, usar o sling ou bolsa de água quente. Relaxa e ajuda muito!
  • Massagem na barriguinha – Não são todos os bebês que gostam, mas movimentos circulares (sentido horário) com as mãos aquecidas ajuda também.
  • Pressionar a barriguinha: Colocar o bebê de bruços nos braços da mamãe ou papai ou nas coxas pressiona a barriguinha e faz soltar pum, que ajuda no alívio das cólicas.
  • Colic Calm: O famosinho! Ele é um fitoterápico americano composto por carvão vegetal e mais de 9 componentes naturais como camomila, funcho e erva cidreira. Ele não alivia a dor, mas ele acalma o bebê! O carvão vegetal é um dos principais componentes que ajudam a acalmar o bebê! Precisa agitar bastante o frasco para misturar o carvão, o produto precisa sair preto do frasco! Cada dose é de 1,25ml e pode ser aplicada com a seringa que é vendida junto com o produto. Esse é bom para a mãe, por que faz o bebê parar de chorar, ficar calminho e até tirar uma soneca. No Brasil você encontra a venda pelas lojas de importados no Instagram, por exemplo, não vende em farmácias e o preço médio é uns R$ 150 por 57 ml.

   Receba conteúdo exclusivo:

Passarinha quer saber!